Estado e atuação dos gestores de políticas culturais: diálogos com Zygmunt Bauman

José Farias dos Santos

Resumo


O presente artigo pretende analisar os principais aspectos que envolvem a cultura, a cidadania, e estabelecer uma análise sobre o papel do Estado na implantação de políticas culturais. Considerando ainda, a complexidade do conceito de modernidade líquida, do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, compreendemos que no caso brasileiro, o papel dos gestores de políticas culturais constitui-se importantes agentes capazes de possibilitar o alcance da “cidadania cultural”.


Palavras-chave


Cultura; Cidadania; Políticas públicas; Gestão cultural

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


ISSN: 2359-1145

Centro "Paula Souza" | FATEC Itaquaquecetuba

Licença Creative Commons 2014-2019 | REGIT: Revista de Estudos de Gestão, Informação e Tecnologia

Av. Itaquaquecetuba, 711 (visualizar mapa)
Vila Monte Belo
Itaquaquecetuba - SP | CEP 08577-010